Faculdade Saberes


Home » Graduação » Financiamentos e Bolsas

DÁ PARA COMEÇAR A PAGAR A FACULDADE SÓ DEPOIS DE SE FORMAR? COM O FIES DÁ!

Financie seu curso de licenciatura em até 100% do valor da mensalidade.

O que é o FIES?

O Fundo de Financiamento Estudantil(Fies) é um programa do Ministério da Educação destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em instituições não gratuitas. O FIES foi criado em 1999 e a partir deste ano passa a funcionar com importantes mudanças que facilitaram ainda mais a contratação do financiamento por parte dos estudantes.

Quem pode solicitar o financiamento?

Podem solicitar o financiamento pelo FIES os estudantes regularmente matriculados em cursos de graduação não gratuitos.

Quem não pode solicitar o financiamento?

Não pode se candidatar ao FIES o estudante:

  • Cuja matrícula acadêmica esteja em situação de trancamento geral de disciplinas no momento da inscrição.
  • Que já tenha sido beneficiado com financiamento do FIES.
  • Inadimplente com o Programa de Crédito Educativo (PCE/Creduc).

É exigido o ENEM para o FIES?

A partir de 29 de julho de 2011, os estudantes que concluíram o ensino médio a partir do ano letivo de 2010 e queiram solicitar o Fies deverão ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2010 ou ano posterior.

Ficarão isentos da exigência do Enem os professores da rede pública de ensino, que estejam em efetivo exercício do magistério da educação básica e que sejam integrantes do quadro de pessoal permanente de instituição pública, regularmente matriculados em cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia. Também não será exigido o Enem dos estudantes que tenham concluído o ensino médio antes de 2010.

Percentual máximo de financiamento pelo FIES

  • O programa financia até 100% (cem por cento) dos encargos educacionais cobrados do estudante por parte da instituição de ensino no caso de bolsistas parciais do Programa Universidade para Todos (ProUni) que optem por inscrição no FIES no mesmo curso em que é beneficiário da bolsa e estudantes de cursos de licenciatura, independentemente da renda familiar mensal bruta per capita;
  • Até 75% (setenta e cinco por cento) dos encargos educacionais cobrados do estudante por parte da instituição de ensino quando o percentual de comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita com estes encargos for igual ou superior a 40% (quarenta por cento) e inferior a 60% (sessenta por cento), não podendo a renda familiar mensal bruta exceder 15 (quinze) salários mínimos;

Prazo para quitar a dívida

Após o período de carência (18 meses), o estudante passa a ter três vezes o período financiado do curso, acrescido de 12 meses, para quitar sua dívida com o fundo. Assim, o estudante que financiou o curso com duração de quatro anos agora terá 13 anos para quitar sua dívida.

Abatimento do saldo devedor

Os estudantes que se formarem em cursos de licenciatura e optarem por atuar como professores da rede pública de educação básica (com jornada mínima de 20h semanais) poderão abater 1% da dívida a cada mês trabalhado.

» Outras dúvidas acesse: http://sisfiesportal.mec.gov.br/

» SIMULE SEU FINANCIAMENTO

» INSCREVA-SE

sombra